sexta-feira, 14 de julho de 2017

Dicas sobre escrita: pagar ou não por uma publicação? Como publicar o primeiro livro?

Oi gente!
Vou continuar com minha série de postagens sobre dicas para escritores iniciantes.



Uma pergunta que ouço com frequência é se vale a pena pagar por uma publicação e quando vale a pena.
Vamos considerar que você escreveu um livro, está com ele revisado, com a capa pronta e em dúvida sobre como publicá-lo.  Depois de ter tentado enviar seus originais para editoras tradicionais, aquelas que não cobram pela publicação e só ter recebido nãos, infelizmente levar "nãos" é algo comum para um autor ainda desconhecido, você quer dar o primeiro passo. Quer publicar seu livro para que as pessoas te conheçam, mas fica se perguntando: qual a melhor forma de fazer isso?
Vou dar uma dica preciosa! Se você ainda não tem um público leitor, ou tem um pequeno público, e tirando o valor que pagará para publicar o livro de forma compartilhada, não sobrará dinheiro para investir em divulgação, não pague pela publicação neste momento!

Existem vários tipos de publicações:

- Publicações tradicionais: que são aquelas totalmente pagas pela editora. A editora produzirá seu livro sem custos para você e o distribuirá em livrarias físicas e on line e pagará ao autor cerca de 10% do preço de capa por cada exemplar vendido. Geralmente os pagamentos são semestrais.

- As publicações sob demanda: que são aquelas em que o autor contrata uma editora para produzir seu livro, paga por isso, e recebe todos os exemplares para que venda sozinho. A editora não venderá os exemplares.

- As publicações compartilhadas: estas  são publicações feitas em uma parceria entre autor e editora. O autor paga a parte do custo de produção do livro e a editora se responsabiliza por distribui-lo em livrarias físicas e on line e pela divulgação. O autor geralmente fica com cerca de 1/3 dos livros para que possa vender sozinho, e tentar recuperar o investimento feito, e a editora fica com os outros 2/3, sobre os quais pagará ao autor 10% do preço de capa para a venda de cada exemplar.

Se seu objetivo é apenas ter o livro em mãos e vender localmente para amigos e parentes, até valerá a pena fazer uma publicação sob demanda. 
Entretanto, se seu objetivo é tornar-se conhecido e divulgar seu trabalho nacionalmente, não publique sob demanda, pois esse tipo de publicação não te dará isso! Parta então, para a publicação compartilhada. Mas a publicação compartilhada também precisa ser muito bem pensada antes, pois além de ser um investimento alto, as editoras que publicam dessa forma geralmente são pequenas ou de médio porte e não têm condições de fazer um bom trabalho de divulgação. Caberá ao autor desembolsar mais uma quantia, muitas vezes alta, para conseguir divulgar seu livro e alavancar as vendas. 
Outra coisa importante ao optar pela publicação compartilhada é verificar o trabalho da editora, revisão, qualidade do livro e como e onde distribui e vende os livros, procure conversar com autores que já publicaram por ela, procurem os autores pelo Facebook, a maioria é bastante acessível e terá prazer em responder suas perguntas. Já vi editoras que só vendem os livros no próprio site, isso é uma fator dificultador tanto para a venda, quanto para que as pessoas vejam seu livro.
Se você me disser que não tem dinheiro para pagar pela publicação e pela divulgação, parta então para a auto-publicação em formato de ebook! A Amazon tem o "Kindle Direct publishing" que é super fácil de usar! Se você já está com seu livro pronto e revisado, com a capa pronta e o dinheiro acabou, poderá inclusive fazer você mesmo uma diagramação simples em word, atentando para colocar o livro em formato de página A5, sem rodapés e cabeçalhos e inserindo "quebra de página" a cada mudança de capítulo e após título e dedicatória. Agora, se você ainda tiver uma graninha sobrando, poderá pagar por uma diagramação profissional e deixar seu livro ainda mais bonito e atraente!

Bem, pessoal, por hoje era isso! Na próxima postagem falarei sobre divulgação, uma das partes mais importantes e difíceis!

Beijos,

Renata R. Corrêa
autora dos livros:

"Contra todas as probabilidades", romance publicado em formato de ebook, de forma independente pela Amazon
https://www.amazon.com.br/Contra-todas-probabilidades-Renata-Corr%C3%AAa-ebook/dp/B01N67646G/ref=sr_1_1?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1500034634&sr=1-1&keywords=contra+todas+as+probabilidades

"Amores e desamores", uma coletânea de 11 contos curtos publicados também de forma independente em ebook, pela Amazon.
https://www.amazon.com.br/Amores-desamores-Renata-R-Corr%C3%AAa-ebook/dp/B06XZX99LX/ref=sr_1_1?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1500034671&sr=1-1&keywords=amores+e+desamores

"As coisas não são bem assim", romance recém-lançado pela editora Pandorga, à venda nos sites da Saraiva, Amazon e Livraria Cultura e em livrarias físicas de todo o Brasil.
https://www.amazon.com.br/Coisas-n%C3%A3o-S%C3%A3o-Bem-Assim/dp/8584422064/ref=sr_1_1?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1500034716&sr=8-1&keywords=as+coisas+n%C3%A3o+s%C3%A3o+bem+assim

https://www.saraiva.com.br/as-coisas-nao-sao-bem-assim-9720700.html

#livros #escrever #comocomeçaraescrever #dicasdeescrita #vidadeescritora #comopublicarumlivro

Deixe seu comentário usando o facebook!