terça-feira, 13 de junho de 2017

A vida é feita de sonhos, mas nem sempre eles se realizam

"A vida é feita de sonhos, mas nem sempre eles se realizam".




Esta triste reflexão é uma frase da minha personagem Clarice, de "As coisas não são bem assim", que vê seu mundo desabar após a morte de seu grande amor. Mas às vezes o destinho tem planos para curar um coração partido, é preciso estar aberto e ter coragem para tentar reconstruir a vida e quem sabe ter uma nova chance de voltar a ser feliz.
Conheçam esta linda história sobre segundas chances.
Aproveitem o preço promocional de pré-venda no site da Saraiva

terça-feira, 30 de maio de 2017

As coisas não são bem assim - lançamento pela editora Pandorga

Oi gente! Como estão? É com uma imensa alegria e o coração transbordando de entusiasmo, esperança e amor, que anuncio o lançamento do meu terceiro livro, meu segundo romance, "As coisas não são bem assim", publicado pela Editora Pandorga, em pré-venda na Saraiva por um preço promocional, apenas R$23,90.



Sinopse: 

         Clarice, uma jovem estudante de medicina, perde seu namorado, que acreditava ser o grande amor de sua vida, às vésperas da formatura, após sofrem um grave acidente de carro. Morre com Guilherme um pouco da alegria de viver de Clarice, da sua esperança e do seu futuro.
           Depois de mais de um ano do falecimento do seu amado, o destino coloca na vida de Clarice, Henrique, um jovem advogado viúvo e pai da Duda, uma linda menininha loira, muito esperta e amorosa. Envolvidos por um amor sincero, terão que enfrentar grandes dificuldades e um sofrimento inesperado.

           É uma bonita e delicada história sobre recomeços, fé, esperança e sobre o poder do amor. 

Esta história é muito especial para mim, porque se passa em minha cidade, Uberlândia-MG, porque assim como eu, a protagonista é médica, e porque é de uma delicadeza que me tocou a alma. Acredito que as histórias que surgem nas mentes de nós escritores nos são dadas de presente. Cabe a nós reconhecê-las e escrevê-las.
Clarice Lispector, cuja escrita tanto admiro e amo, em A hora da estrela diz "Ainda bem que o que eu vou escrever já deve estar na certa de algum modo escrito em mim. Tenho é que me copiar com uma delicadeza de borboleta branca". Acho essa frase perfeita! E espero continuar me copiando com a delicadeza de borboleta branca e encantando o coração de vocês!

Beijos

Renata R. Corrêa

link para comprar o livro

#livronovo #lancamento #livro #romance #drama #editorapandorga #ascoisasnaosaobemassim #literatura 


quarta-feira, 24 de maio de 2017

Quem somos

Oi pessoal! Como estão? Será que somos quem gostaríamos de ser? Até que ponto o ser humano  de mudar?





Podemos mudar de roupa, de endereço, de amor, o corte e a cor do cabelo. Podemos mudar de atitude, de opinião. Mas será que podemos mudar a essência de quem somos? Acredito que não! O caráter e a personalidade são marcas registradas de quem somos, imutáveis. Claro que acredito que as pessoas possam melhorar seu "gênio". Controlar características secundárias próprias da personalidade como: impaciência, ansiedade, insegurança, nervosismo, medo, dentre outras. Isso pode ser trabalhado, e ainda bem que existem os psicólogos! Mas a essência nunca mudará. Lá no fundo nunca deixaremos de ser quem somos de verdade, crus, sem maquiagem ou disfarces, sem máscaras ou subterfúgios. 

Beijos e até mais!

Renata R. Corrêa

autora do romance "Contra todas as probabilidades" e do livro de contos "Amores e desamores" publicados de forma independente na Amazon e do romance "As coisas não são bem assim" que será lançado em breve pela editora Pandorga.

#reflexões #quemsomos #carater 


quarta-feira, 17 de maio de 2017

Resenhando "Para sempre Valentim" e "Caminhos de Afrodite" de Camila Moreira

Olá! Como vão? Acho que todos vocês já perceberam que além de escrever, eu amo ler! Sou uma leitora voraz desde que me entendo por gente! Hehehe...



Minhas mais recentes leituras, a décima sétima e décima oitava leituras do ano, foram o romance "Caminhos de Afrodite" e o romance/conto "Para sempre Valentim", da autora Camila Moreira. Vocês já devem conhecer a Camila, né! Mas para quem porventura não a conheça, Camila tem 29 anos, é goiana por nascimento e mato-grossense de coração. Formada em Direito, começou a escrever nas horas vagas no final de 2013 e já foi citada pelo jornal The Washington Post como referência da nova literatura feminina erótica brasileira. 
Eu já conhecia a Camila e os livros dela, mas ainda não tinha lido nenhum. 
Em Caminhos de Afrodite ela narra a vida de uma escritora de romances eróticos, Vanessa Sartore, em busca de inspiração para seu novo livro. Ela conhece uma mulher numa sala de bate-papo pela internet que contará a ela suas experiências e será a musa inspiradora para o romance que está sendo escrito. Camila narra história picantes, mas sua escrita não é meramente descrição de cenas de sexo. A autora tem uma forma envolvente de escrever. E essa minha impressão sobre sua escrita se confirmou ao ler Para sempre Valentim. Já fiquei emocionada logo no início do primeiro capítulo, quando Valentim conta como seus pais foram assassinados quando ainda era uma criança. É um romance curtinho, ou um conto longo, de uma escrita sensível e delicada, mas como é um livro erótico, ele contém cenas de sexo, é claro! Mas a história é tão linda que honestamente se as cenas fossem retiradas não fariam falta, o que comprova que a narrativa de Camila é muito mais que descrição de cenas quentes. Valentim é policial, e conhece Júlia após a mesma e uma amiga serem vitimas de um assalto. Eles se interessam um pelo outro logo de cara e o desenrolar da história dos dois é apaixonante! Super indico! É um livro curto e gostoso de ler que vale a pena conferir!

Beijos e até mais

Renata R. Corrêa
autora do romance "Contra todas as probabilidades" e do livro de contos "Amores e desamores", disponíveis em ebook na Amazon e do romance "As coisas não são bem assim", que será lançado em breve pela editora Pandorga.

terça-feira, 16 de maio de 2017

Mantenha a mente distraída, relaxe!



Oi gente! Como estão? Vocês costumam fazer muitos planos e projetos para o futuro? Ah, eu tenho muito sonhos, planos e projetos a realizar! Sonhar nos move, mas precisamos tomar cuidado para não sofrermos desnecessariamente, pois costumamos criar expectativas em relação a tudo, principalmente em relação aos outros e aos nossos sonhos. Expectativas geram ansiedade e ilusões. De tanto imaginar, acabamos nos apaixonando pela versão que criamos das pessoas, que talvez esteja muito longe de quem elas realmente são. De tanto esperar e imaginar acabamos transformando o que era expectativa em ansiedade e o que era ansiedade em angústia e sofrimento! Há solução pra isso? A única que me parece clara e simples é relaxar! Calma! Os sonhos nos movem sim, impulsionam e dão sentido para a vida, então não podemos permitir que se transformem no oposto de tudo isso. Não transforme seus sonhos em martírios e pesadelos. Respire fundo! Ocupe a mente com algo que lhe deixe alegre e em paz, pois dizem que as coisas costumam acontecer quando mais estamos distraídos! Vale a pena tentar!

Beijos e boa sorte!

Renata R. Corrêa
autora do romance "Contra todas as probabilidades" e do livro de contos "Amores e desamores"

links para comprar os ebooks na Amazon:


quarta-feira, 10 de maio de 2017

Resenhando "A escolha" de Nicholas Sparks

Oi gente! Como estão?



Minha mais recente leitura concluída, minha décima sexta leitura do ano (a décima quinta foi o livro "Escrevi um livro... E agora?" da Flávia Cunha), foi o romance "A escolha" do Nicholas Sparks. O livro é narrado em terceira pessoa e conta a história de Travis e Gabby. O livro tem duas partes, uma que acontece no passado, quando os dois se conhecem em 1996 e outra que se passa onze anos depois. É fácil nos apaixonarmos pelos personagens, assim como é muito fácil nos apaixonarmos pela escrita de Sparks. Gabby é uma médica estagiária em pediatria que se muda para uma cidade pequena para ficar próxima do namorado, com quem sonha se casar e constituir uma família, mas cada dia que passa ela tem mais dúvidas se esse dia realmente chegará. Logo que se muda ela conhece o vizinho Travis, o veterinário da cidade, bem sucedido e que adora aventuras e ainda não se apaixonou verdadeiramente, mas acredita ser um homem de família, embora ainda sem a família, como ele mesmo diz. A cachorra de Gabby aparece grávida e ela logo julga que foi o cão do vizinho que a engravidou e vai lá tirar satisfação, numa cena engraçadíssima, em que ela não deixa o coitado falar nada, nem ao menos se justificar, só que o cachorro de Travis é castrado e Gabby descobrirá isso de forma constrangedora, ao levar sua cadela Molly ao veterinário, quando ficará surpresa ao descobrir que o vizinho é o veterinário e envergonhada ao saber que Moby, o cachorro dele, é castrado. Gabby e Travis sentem-se atraídos um pelo outro, de uma forma inesperada e nova para ambos. Num final de semana em que o namorado dela viaja, Travis a convida para um passeio de barco com seus amigos, casados e com filhos, e sua irmã. Todas as cenas são muito bem criadas e o sentimento que vai surgindo entre eles é muito real para o leitor. Eles se apaixonam e Gabby terá que fazer uma escolha entre um futuro ao lado do homem que ela já conhece, ou ao lado de um ainda desconhecido, mas que virou seu mundo de ponta-cabeça e arrebatou seu coração. Tem um trecho no livro narrado pelo narrador, sobre o sentimento de Travis que amei: "O dia todo parecia ter sido uma espécie de dança em que se revezavam na condução, largando, segurando, girando. Ficou pensando se uma dança desse tipo poderia continuar para sempre."
Quando já estamos imaginando que o título se refere à escolha de Gabby, descobrimos que Nicholas Sparks estava apenas jogando com o leitor. Travis na verdade é quem terá de fazer uma das escolhas mais difíceis na vida de um homem. Mas não vou contar mais nada para não tirar  a graça de quem ainda não leu o livro. Só conto que  a segunda parte do livro se passa onze anos depois, com Travis e Gabby já casados e com duas filhas. Confesso que eu adoraria ter lido mais umas cem páginas sobre a vida dos dois antes da segunda parte, porque a escrita de Nicholas é simplesmente maravilhosa.
Super recomendo o livro! Lindo! De fazer chorar, emocionar e torcer a cada instante!

#nicholassparks #aescolha #romance #livros #literatura #leitura #amoler

Beijos


Renata R. Corrêa
autora do romance "Contra todas as probabilidades" e do livro de contos "Amores e desamores", ambos lançados de forma independente na Amazon e do romance "As coisas não são bem assim" que será lançado em breve pela editora Pandorga.

links para adquirir meus livros:
https://www.amazon.com.br/Contra-todas-probabilidades-Renata-Corr%C3%AAa-ebook/dp/B01N67646G/ref=sr_1_1?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1494464568&sr=1-1&keywords=renata+r+correa

https://www.amazon.com.br/Amores-desamores-Renata-R-Corr%C3%AAa-ebook/dp/B06XZX99LX/ref=sr_1_2?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1494464568&sr=1-2&keywords=renata+r+correa

terça-feira, 25 de abril de 2017

Quando tem que ser #NuncaDesistaDosSeusSonhos




Oi gente! Quem já me conhece há algum tempo ou já leu outros textos meus deve ter percebido que adoro escrever textos motivacionais. Porque acredito mesmo nas coisas que digo e acho que muitas vezes precisamos ouvir algo que nos impulsione e acalme! Nunca desista do que quer! Corra atrás, e se necessário faça algo diferente! Lute por seus sonhos, seu momento vai chegar! Quando alguma coisa tem que acontecer na vida da gente, ela acontece! Por mais improvável, absurdo, inesperado, impossível que seja, simplesmente acontece! Não sei bem em que acreditar: destino, planos traçados, força do pensamento, uma energia maior, Deus... Só sei que quando tem que ser... Pode até parecer estranho, quase mágico, mas de repente coisas vão acontecendo e a vida muda de rumo. Você muda de emprego, troca de amor, troca de casa, muda de cidade. Coisas inesperadas acontecem às vezes e você nem se dá conta. Mas tudo vai acontecendo para que o que tem que ser, seja! Simples e louco assim: o que tiver que ser, certamente será! Pode confiar! Continue fazendo o que tem que fazer. E se novidades surgirem pelo caminho, não tenha medo, lembre-se: é o universo conspirando para que seus sonhos se realizem! Vamos lá! Sem desânimo! Coloca seu melhor sorriso no rosto, tenha disposição e siga em frente!
        

Beijos e até mais

Participem do meu grupo de leitores no Facebook! Será um prazer tê-los por lá! https://www.facebook.com/groups/1632831107022211/

Renata R. Corrêa
autora do romance Contra todas as probabilidades e do livro de contos Amores e desamores

#textosmotivacionais #nuncadesistadosseussonhos #vidadeescritora
#literatura #livros

links dos livros na Amazon


sexta-feira, 21 de abril de 2017

Sobre a vida - reflexões

Oi pessoal! Como vão?



Refletindo sobre a vida penso: quem disse que seria fácil? Pode até parecer que viver seja assim simples: respirar, comer, dormir e acordar, tocar a vida dia após dia. Mas isso só até surgir aquele problemão! É, daqueles que parecem impossíveis de serem solucionados. Então vem o desespero, noites em claro, uns quilinhos a mais ou a menos e mil blasfêmias e maledicências contra a vida!
Quando tudo se resolve, o que passou vira motivo de piada, chacota! O sufocante é estar dentro das situações, de fora é até engraçado! (algumas vezes... ou não...)
Logo aparecem outros problemas e tudo se repete (eterna ciranda da vida!). O interessante é como os discursos mudam com as situações: ora a vida é bela e tudo é lindo, ora é um martírio e tudo parece cinzento e os dias são todos nublados... Seria lindo se só houvessem dias de céu limpo, temperaturas amenas e belos pores do sol. Mas já ouviram aquela velha história que é preciso conhecer o que é ruim, para dar valor ao que é bom? Penso que se nunca houvessem adversidades, não saberíamos dar o devido valor às nossas conquistas e aos dias felizes.
Viver é mesmo assim: tentar ficar de pé mesmo quando se passa por um vendaval, enxergar o lado cômico das situações (ou ao menos tentar), chorar, rir, gritar (de alegria ou de raiva), seguir em frente! Pois, de algum jeito as coisas sempre se ajeitam.
Fácil não é, mas é gostoso! (“Rapadura é doce...”).

Beijos e até a próxima!

Renata R. Corrêa
Autora do romance Contra todas as probabilidades e do livro de contos Amores e desamores.

link dos livros:


#reflexoes #vida #vidadeescritora #obomdavida #sentimentos
#romance #conto
#crônica


segunda-feira, 17 de abril de 2017

Drunks - A melhor corrida do mundo




Oi pessoal! Fazia tempos que eu não lia um livro de não-ficção! Minha décima quarta leitura de lazer do ano, Drunks - a melhor corrida do mundo, do autor Marcelo Segala é um livro de não-ficção.
Nele o autor relata como uma corrida maluca regada a cerveja mudou sua vida! Dá para acreditar nisso? Será que corrida de rua e cerveja combinam? Essa improvável corrida acontece de verdade, na cidade do Rio de Janeiro há alguns anos. Marcelo participou da primeira edição e após passou a organizar o evento. Há pouco tempo lançou um livro contando suas peripécias. O livro narrado de forma coloquial e bastante divertida, conta como foi participar e depois passar a organizar essa corrida de rua que, ao invés de água para hidratação, oferece cerveja aos seus participantes. Muito mais importante do que vencer essa corrida , é participar dela! Marcelo conta sobre as amizades feitas e sobre o espírito de confraternização que a corrida tem. Alguns capítulos são narrados pelo escritor e participante assíduo do evento, Wilian Cruz. Mais que apenas um relato de uma história interessante, o livro trás reflexões sobre como é possível mudar um estilo de vida e fazer atividade física de forma prazerosa e divertida. Vale a pena conferir essa leitura!

Um abraço

Renata R. Corrêa
autora do romance "Contra todas as probabilidades" e do livro de contos "Amores e desamores".

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Amores e desamores - contos

Oi gente! Como vão?




Lancei há poucos dias meu segundo livro, desta vez um livro de contos, intitulado "Amores e desamores". Nele conto onze histórias fictícias curtas de amores que deram certo e de outros que não terminaram bem. A narrativa é leve e procurei retratar situações que podem acontecer em fases diferentes da vida, desde o primeiro amor na adolescência, até amores na vida adulta. Para quem já conhece minha escrita perceberá que mais uma vez escrevo de forma delicada, pois este é meu estilo, não costumo ser nem melosa demais nem melodramática e trato os assuntos narrados com sensibilidade. Espero que gostem da leitura. O livro está disponível em e-book na Amazon por apenas R$3,09. 
Beijos e até breve!

Participem do meu grupo de leitores no Facebook! 

link para compra do e-book: https://www.amazon.com.br/Amores-desamores-Renata-R-Corr%C3%AAa-ebook/dp/B06XZX99LX/ref=sr_1_3?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1491872945&sr=1-3&keywords=amores+e+desamores

#contos
#livros
#literatura
#ebook
#amazonbr
#renatarcorrea
#amoresedesamores

sábado, 1 de abril de 2017

Resenhando "Amor à prova de beijos" da autora Liliana Mathias

Oi pessoal! Sou a escritora Renata R. Corrêa. Escrevo romances e contos. Meu primeiro livro, o romance "Contra todas as probabilidades" foi publicado de forma independente na Amazon, em ebook, e fiz uma pequena tiragem dele impressa. Quem interessar pode adquirir diretamente comigo, é só me enviar um email para correiodare@yahoo.com.br que explico direitinho.
Sou uma apaixonada por histórias! Adoro contá-las, mas também adoro lê-las!
Concluí minha décima terceira leitura de lazer deste ano, o Chick Lit Amor à prova de beijos, da autora Liliana Mathias. Confiram minhas impressões sobre ele!



Como todo chick lit, o livro é super divertido! Amor à prova de beijos narra a história de Alice, uma psicóloga que só pensa em trabalho e tem um namorado ausente. Mas as coisas mudam, quando um velho abacateiro de Alice tomba em seu quintal depois de uma chuva. Foi preciso chamar os bombeiros para removerem o tronco caído da árvore, que fez estragos na casa vizinha. O que Alice não esperava, era que um bombeiro super gato chamaria tanto a sua atenção a ponto de passar a ter sonhos, digamos "calientes", com ele. O fato mexeu profundamente com ela, fazendo-a perceber que na verdade não amava mais seu namorado/noivo e que era melhor terminar tudo e refazer sua vida. Ela, que foi preparada para fazer uma surpresa para o cafajeste, acabou sendo surpreendida, ao pegá-lo na cama com sua vizinha. 
Depois de colocar um ponto final naquela relação, Alice percebe que está mais do que na hora de tirar umas férias, e viaja com sua melhor amiga para um resort em Natal-RN. Com uma ajudinha do destino, ou não, Alice encontra Rafael, o "seu" bombeiro lá na praia. E depois de beber algumas doses a mais de tequila, ela, que é portadora de transtorno dissociativo de identidade, ou dupla personalidade, deixa sua "alter" se manifestar, a "Malu", uma versão bem mais saidinha e ousada que Alice. Malu não perde tempo e ao ver Rafael, se joga em seus braços. No dia seguinte, sem se lembrar de nada, Alice acorda ao lado do bombeiro na sua cama no quarto do hotel. Assustada e confusa ela acaba magoando o rapaz, que vai embora, deixando-a sozinha. Depois de muita confusão os dois acabam se entendendo! A história é leve e divertida e a escrita da Liliana é ágil e fuida! Adorei e recomendo! Para quem nunca leu um Chick lit, Amor à prova de beijos é uma ótima pedida!


Link do ebook na Amazon


Beijos

Renata

PS: participem do meu grupo de leitores do Facebook!
https://www.facebook.com/groups/1632831107022211/


#livros
#literatura
#comediaromantica
#chicklit
#amoraprovadebeijos

quarta-feira, 29 de março de 2017

Chick lit - diversão garantida!

Olá pessoal! Como vão? Sou a escritora Renata R. Corrêa e hoje quero falar para vocês sobre um gênero literário que existe há muitos anos em outros países, mas há pouco tempo vem sendo produzido no Brasil: o Chick lit



A literatura Chick lit é voltada para o público feminino e a idade não importa. Existem Chick lits escritos para adolescentes, jovens e até mesmo para mulheres maduras. Apesar de muitas vezes ser confundido com um romance, o gênero não é um subgênero do romance e a temática não necessariamente precisa envolver o romance entre um casal, mas uma coisa é típica do Chick lit: a personagem central é sempre uma mulher e a escrita é leve e muito bem humorada! Sem grandes pretensões, o chick lit tem o intuito de entreter e os enredos costumam ser ágeis e realmente engraçados. A linguagem é bem informal, algo como se a leitora estivesse ouvindo sua melhor amiga lhe confidenciando segredos, ou se estivesse lendo o diário de outra garota ou mulher. As capas costumam ser bem coloridas e muitas vezes em tons de vermelho e rosa, deixando claro que o livro é voltado para o público feminino. Depois de ler um Chick lit, você reconhecerá outro a quilômetros de distância e uma coisa posso dizer, a leitura será diversão garantida!
Conheçam!

Beijos e até mais!

Renata

PS: participem do meu grupo de leitores do Facebook!
https://www.facebook.com/groups/1632831107022211/

#livros
#chicklit
#humor
#literaturafeminina

terça-feira, 28 de março de 2017

Resenhando "Minha mente me atormenta" da autora Edna Nunes

Oi gente!



Hoje vou falar de um livro sensacional que terminei de ler há poucos dias, minha décima segunda leitura do ano, o romance/drama/suspense, juro que  nem consigo colocá-lo em uma única categoria, de tão diferente e incrível que é, o Minha mente me atormenta, da talentosa e querida autora Edna Nunes. Depois de algumas páginas quem já estava bastante atormentada era eu! Sabe aqueles livros que você fica o tempo todo se perguntando "Mas o que é verdade ou imaginação?" ou "Meu Deus, como isto vai acabar?", pois bem, este livro é desse tipo que deixa o leitor preso do início ao fim, confuso, perdido, enlouquecido e doido para saber o final!
O livro narra a história de Miriam, uma jovem universitária que se apaixona por um cara mais velho, nem tão mais velho assim, mas um advogado renomado e professor universitário. O início do livro narra como eles se conheceram e a partir desse momento leremos capítulos narrados no presente, nos quais Miriam se encontra em uma clínica psiquiátrica e ficamos o tempo todo querendo saber o que aconteceu para ela parar ali, e capítulos que mostram o passado, que vão contando sobre o relacionamento dela e de Roberto. Mas o mais sensacional de tudo é que o final é surpreendente! Quando descobri tudo o que estava acontecendo me peguei pensando "como me esqueci de detalhes do início que não me deixaram ver isso?".
Bem, acho que esta é a resenha mais louca e confusa que já escrevi e por ela poderão ter uma ideia do que o livro é capaz de fazer com a cabeça da gente! Não percam tempo! Leiam "Minha mente me atormenta"! Recomendo! Adorei!
Ah, já ia me esquecendo, essa capa linda foi desenhada pela própria autora, não é incrível?

Beijos

Renata R. Corrêa

Autora do romance "Contra todas as probabilidades", publicado de forma independente em ebook na Amazon e em livro impresso, com vendas diretamente comigo (pedidos pelo email correiodare@yahoo.com.br ou pelo messenger do facebook). Em breve lançarei um livro de contos, Amores e desamores, também na Amzon e previsto para o final de maio deste ano, o mais tardar junho, está o lançamento do meu segundo romance pela Editora Pandorga, intitulado "As coisas não são bem assim".
Participem do meu grupo de leitores no facebook! https://www.facebook.com/groups/1632831107022211/


#livros
#romance
#suspense
#drama
#literaturanacional
#minhamentemeatormenta
#autoraednanunes

link para comprar o ebook de Minha mente me atormenta


segunda-feira, 27 de março de 2017

Vamos falar sobre amor? #amor #vidadeescritora #amorpróprio

Oi gente! Como vão? Obrigada por estarem aqui mais uma vez! Sou a escritora Renata R. Corrêa e hoje quero falar sobre amor. Bem, estou sempre falando e escrevendo sobre o amor, inclusive meu próximo livro, que é um livro de contos que publicarei em breve em ebook na Amazon, tem o título Amores e desamores.

imagem by canva.com


Há pouco tempo escrevi um texto chamado "Só se ama uma vez?" aqui no blog e quem leu sabe que não acredito nisso, acredito que somos capazes de amar várias vezes e de voltar  a amar mesmo depois de uma grande desilusão ou sofrimento.
Mas hoje quero falar sobre algo muito importante, que é o amor próprio. Muitas pessoas amam tanto que acabam se anulando dentro de um relacionamento. Essas pessoas amam demais, e por não saberem lidar com esse sentimento tão sublime, mas que pode ser avassalador, elas acabam sucumbindo a ele, tornando-se autodestrutivas. Acho que não podemos viver uma vida sem amor, pois ele nos move, nos dá forças para seguir em frente, para lutar e dá significado para nossa existência. Mas antes de sair por aí entregando seu coraçãozinho de bandeja para outra pessoa, ame-se! Tenha orgulho de quem é! Lute pelos seus sonhos! Cuide do seu corpo, da sua mente e da sua alma e nunca, jamais, permita se envolver num relacionamento em que não se sinta valorizada(o). Se quem está ao seu lado só te faz sofrer, te coloca para baixo, diminui tudo que você faz e anula quem você é, FUJA! Saia correndo agora mesmo! Não se prenda a um relacionamento degradante por achar que nunca mais vai encontrar outra pessoa, que está velha(o) demais, ou sei lá o quê! Deixe disso! O mundo gira, o tempo passa e a tristeza também. As lembranças desbotam com o tempo, e aquela dor que a gente sente quando está passando por algo difícil, será infinitamente menor quando transformada apenas em lembranças. É preciso ter coragem para mudar, para romper com algo que já se transformou num costume, por muitas razões, mas principalmente por medo. Mas não deixe o medo guiar sua vida e muito menos dizer quem você é! Existe dentro de cada pessoa uma força incrível, que nos torna capazes de tudo, só é preciso encontrá-la! Desejo que a encontre!
Seja feliz!

Beijos

Renata R. Corrêa

Autora do romance Contra todas as probabilidades, publicado de forma independente tanto em livro impresso quanto em ebook, disponível na Amazon.

https://www.amazon.com.br/Contra-todas-probabilidades-Renata-Corr%C3%AAa-ebook/dp/B01N67646G/ref=sr_1_sc_1?ie=UTF8&qid=1490625901&sr=8-1-spell&keywords=contra+todas+as+probabiliaddes

Aguardem, que em breve vem por aí meu livro de contos e meu segundo romance!

#livros
#amor
#romances
#contos
#amorpróprio
#sejafeliz
#felicidade


terça-feira, 21 de março de 2017

O garoto que tinha asas - resenha

Oi gente! Terminei minha décima primeira leitura de lazer do ano! Digo de lazer, porque como escritora já devo ter lido e relido meus livros que estão em revisão umas dez vezes e ainda tive o prazer de "betar" o romance de duas escritoras minhas amigas.
Mas vamos lá! 



O primeiro livro que li da Raiza Varella foi o "Caçadora de estrelas", além de ter me apaixonado pela história, fiquei encantada com a escrita dela, que mistura drama e comédia na medida certa, arrancando lágrimas e risadas! Logo em seguida li o primeiro livro da série "Encantados", que é "O garoto dos olhos azuis" e mais uma vez me apaixonei! E agora terminei de ler o segundo livro dessa mesma série, que é O garoto que tinha asas. O livro conta a história de Augusto, o Monstro, apelido "carinhoso" que carrega desde a infância. Ele é irmão da Babi, a personagem central do primeiro livro. Augusto é um médico cardiologista, que apesar de muito jovem  é bem sucedido. Ele é o típico solteiro convicto e "pegador". Monstro nunca havia se apaixonado. Ele tem uma personalidade forte e desconhecia o significado da palavra gentileza, até que um dia o destino resolve brincar com ele, colocando em sua vida uma garota misteriosa, problemática e cheia de segredos: Anna. Na verdade esse não é seu nome, mas ela o usa, escolheu um nome falso tentando proteger sua identidade, e só no final da história revelará a Augusto e ao leitor seu nome de nascimento e de quem fugia. A história  é envolvente. Logo no início do livro Augusto presencia um acidente de carro sofrido por Anna e a socorre. Antes de perder a consciência, ao ver Augusto, Anna enxerga "Um garoto de asas", seu anjo particular e pede a ele que prometa cuidar de seu filho, que estava no banco de trás do carro. Se parasse para pensar, provavelmente Monstro nunca teria feito uma promessa dessas, mas ele prometeu e a cumprirá, mesmo sem o menor jeito com crianças. Juro que senti vontade de bater nele várias vezes durante o livro, para ver se deixava de ser ogro! Anna fica entre a vida e a morte, internada numa UTI, e quando acorda, mesmo sem revelar do que estava fugindo quando seu carro foi atirado da estrada por outro, provocando o acidente, e sem revelar quem é e do que tanto tem medo e foge, Augusto a acolhe em sua casa. Aos poucos, ambos perceberão que apesar das brigas constantes, já não conseguem disfarçar o que sentem um pelo outro e nascerá um lindo romance, típico de contos de fada, onde o príncipe, que é um verdadeiro sapo no início, ou "a Fera" como citou a própria autora, se transformará em alguém mais doce e humano, quando percebe que é capaz de amar e se entrega a esse sentimento por Anna. Mas antes do "felizes para sempre" muita coisa acontecerá, mas não vou tirar a graça da história contando! Leiam, espero que gostem tanto quanto eu! Beijos

Conheçam meu primeiro romance "Contra todas as probabilidades" à venda em ebook na Amazon, ou livro impresso com compra diretamente comigo pelo email correiodare@yahoo.com.br.
link para comprar o ebook:
https://www.amazon.com.br/Contra-todas-probabilidades-Renata-Corr%C3%AAa-ebook/dp/B01N67646G/ref=sr_1_1?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1490143867&sr=1-1&keywords=contra+todas+as+probabilidades

Participem do meu grupo de leitores no facebook e me acompanhem! https://www.facebook.com/groups/1632831107022211/

Em breve publicarei um livro de contos na Amazon, intitulado "Amores e desamores", são 11 histórias curtas e bonitas sobre amores que deram certo e outros que não. E ainda neste primeiro semestre de 2017 será lançado meu segundo romance, pela editora Pandorga, o "As coisas não são bem assim".

#livros
#romances
#raizavarella
#renatarcorrea
#ogarotoquetinhaasas
#contratodasasprobabilidades
#vidadeescritora
#amoler

sexta-feira, 17 de março de 2017

Só se ama uma vez? #amor #relacionamentos


Imagem by canva.com


Já ouvi muitas opiniões a respeito do amor verdadeiro, daquele grande amor da vida da gente, alguns acreditam que só se ama mesmo, de verdade, uma vez, que pode-se apaixonar várias, mas que amor só acontece uma única vez na vida. O que eu acho? Juro que não acredito nisso! Imagina só uma pessoa que encontra o grande amor da sua vida na adolescência e por um acaso do destino acaba se afastando do ser amado, porque os pais mudaram de cidade, de emprego, ou porque foram fazer faculdade em lugares diferentes e distantes, sei lá, são apenas suposições, mas imagine isso, a coitada dessa pessoa então estaria fadada a nunca mais amar? Não, eu não acredito nessa teoria! Os que a defendem diriam que na verdade não era amor o que sentiam um pelo outro. Ah, não devemos diminuir os sentimentos! Eles se amaram, sim! De forma pura e intensa! Mas a vida os afastou e ambos acabaram conhecendo outras pessoas e se apaixonaram novamente, e amaram outra vez! É nisso que acredito! Podemos amar verdadeiramente várias vezes! Porque infelizmente o amor não é eterno. Nós não somos eternos. Podemos morrer e deixar quem amamos aqui, e quem fica tem direito de refazer sua vida, e acho muito justo que ame novamente. E mesmo que não seja a morte a separar o casal, a vida pode fazê-lo! Somos humanos, imperfeitos, somos mutáveis. Assim como mudamos constantemente, nossos sentimentos também podem mudar. E o amor se não for nutrido, cultivado no dia a dia, pode morrer.
Eu, como escritora de romances, estou sempre falando sobre amor, contando histórias, inventando personagens, e meus personagens já amaram várias vezes, muitos estão sozinhos e procurando sentir novamente o coração bater acelerado, procurando alguém para dividir a vida e os sonhos.
No meu próximo romance, que sairá em breve pela editora Pandorga, "As coisas não são bem assim", Clarice, minha personagem central, uma jovem estudante de medicina, perde o grande amor da sua vida às vésperas da formatura. Trágico, não? Com  a morte de Guilherme, seu colega de faculdade e companheiro, seu namorado, o homem com quem imaginou construir uma família, ela sente que seu mundo ruiu, nada mais faz sentido. Mas Clarice terá que aprender a voltar  a viver, porque é isto que fazemos: seguimos em frente. Não será fácil. Mas aos poucos a dor vai abrandando, e mesmo depois de uma perda terrível, podemos voltar abrir nosso coração. Eu desejo que Clarice reencontre o amor e a alegria e convido vocês a conhecerem este romance que deve ser lançado no final de maio deste ano. Da mesma forma que desejo que cada um que esteja lendo, e que já tenha tido o coração partido de alguma forma por amor: pela dor da perda pela morte, por uma traição, ou simplesmente porque o amor acabou, que reencontre o amor, que se refaça, que volte a acreditar nas pessoas, a sorrir e tenha coragem para se entregar de novo. Podemos amar infinitas vezes! Não desacredite desse sentimento lindo, que faz a vida ter sentido! Ame! E não tenha medo de se machucar, porque às vezes, infelizmente, o amor machuca. Mas um dia a dor vai embora e outro amor brotará novamente, forte e intenso, trazendo de volta aquele sorriso que você já até tinha esquecido que sabia dar!

Beijos

Renata R. Corrêa
(autora dos romances "Contra todas as probabilidades" - publicado em ebook na Amazon e "As coisas não são bem assim" - editora Pandorga, com lançamento previsto para final de maio)

#amor
#relacionamentos
#romance
#livros
#editorapandorga

sábado, 4 de março de 2017

Vinte e poucos anos #romancesnewadult

Olá! Como vão vocês? Meu nome é Renata R. Corrêa, para quem ainda não me conhece, sou escritora, escrevo romances New adult, mas também já escrevi e ainda escrevo outros gêneros como contos e crônicas e já escrevi poesias. Já tive um conto publicado para uma antologia da Editora Illuminare, chamada "Eu, você e o amor" e três poemas publicados para uma antologia da Editora Darda, o livro "Ondas poéticas". No final de 2016 lancei meu primeiro livro solo, de forma independente, o romance "Contra todas as probabilidades", inicialmente lançado apenas em ebook, mas acabei mandando fazer uma edição impressa dele, limitada, também de forma independente.
Vou deixar o link do ebook aqui para quem interessar. E se quiserem comprar o livro impresso é só me mandar um email para correiodare@yahoo.com.br.
https://www.amazon.com.br/Contra-todas-probabilidades-Renata-Corr%C3%AAa-ebook/dp/B01N67646G/ref=sr_1_1?s=books&ie=UTF8&qid=1488679744&sr=1-1&keywords=contra+todas+as+probabilidades
Até o final deste primeiro semestre de 2017 será lançado meu segundo romance "As coisas não são bem assim" pela Editora Pandorga.


Imagem by canva.com


Quando um autor começa a escrever, umas das principais coisas que ele tem que ter em mente é para quem está escrevendo, ou seja, qual o seu público alvo. Como disse acima, eu escrevo para o público New adult, mas vocês sabem quem são essas pessoas? O mercado editorial categoriza os livros e os leitores por faixas etárias,  justamente para facilitar as ações de divulgação e estratégias de venda, etc. Até bem pouco tempo atrás tínhamos os livros infantis, juvenis e os adultos. Depois surgiu a categoria Young adult, nesta categoria a faixa etária vai dos 14 aos 20 e poucos anos. A categoria adulto geralmente é voltada para pessoas que já entraram na casa dos 30 anos ou mais, porque os temas abordados geralmente interessam à pessoas dessa idade. Mas acabava que existia uma lacuna, uma faixa etária intermediária entre o Young Adult e o Adulto que não era muito trabalhada. Então em 2013 essa nova categoria surgiu no Brasil e hoje muitos livros são voltados para essa faixa etária que estaria entre os 16 e os 30 e poucos anos. É claro que um livro New adult pode ser lido por pessoas mais velhas que isso, mas é que os temas abordados são de maior interesse dessa faixa etária, principalmente entre os vinte e poucos anos: o primeiro amor sério, a primeira transa, a faculdade, o primeiro emprego, casamento, filhos, perspectiva de futuro, essas coisas. Eu adoro essa categoria, por isso escolhi esse público! Eu também já tive 20 e poucos anos e me lembro de cada angústia, de cada sofrimento, e cada vitória e alegria dessa fase da vida. Em meus livros sempre procuro passar uma mensagem de esperança, porque acho que é o que mais precisamos quando temos essa idade. Entender que por mais difíceis e esquisitas que as coisas estejam, que vai melhorar! Que os medos passam! As angústias vão dando lugar para as realizações, que vão acontecendo natural e gradualmente. Não precisa desespero, muito menos medo em relação ao futuro. Vejo muitos jovens ansiosos em relação à chegada na casa dos 30 anos, mesmo aqueles que ainda nem entraram na casa dos 20 parecem temer a vida adulta. Não precisa ter medo! As coisas se ajeitarão! A dor de um amor fracassado dará espaço para um novo amor. A angústia da escolha de qual faculdade cursar, dará lugar para a comemoração da formatura e do primeiro emprego! É assim pra todo mundo! As histórias de vida são muito parecidas, muda-se o drama, a trama e os personagens, mas no fundo elas sempre têm algo de semelhante. E a vida vai imitando a arte, na mesma medida que a arte imita a vida!

Um grande abraço e até mais!

#vinteepoucosanos
#newadult
#vidadeescritora
#livros
#romances
#escritor
#escritora
#drama
#amor
#contratodasasprobabilidades
#ascoisasnãosãobemassim



quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Resenhando "Minha rendição" da autora Cinthia Freire

Oi pessoal! Como vão? Sou a escritora Renata R. Corrêa, autora do romance "Contra todas as probabilidades" publicado de forma independente em ebook no Amazon e em livro impresso com vendas diretamente comigo pelo email correiodare@yahoo.com.br. Abaixo está o link do meu romance:
https://www.amazon.com.br/Contra-todas-probabilidades-Renata-Corr%C3%AAa-ebook/dp/B01N67646G/ref=sr_1_1?s=books&ie=UTF8&qid=1487288429&sr=1-1&keywords=contra+todas+as+probabilidades

Além de escrever, eu amo ler e gosto de postar resenhas das minhas leituras por aqui. Minha rendição foi minha nona leitura deste ano, um livro simplesmente maravilhoso! Confiram minhas impressões!



Conheço a autora Cinthia Freire desde a publicação de seu primeiro romance "Um novo amanhecer" e além de ter ficado fã dela logo de cara, aos poucos acabamos nos tornando amigas. Amigas virtuais, pois ainda não nos conhecemos pessoalmente, mas Cinthia se tornou uma pessoa muito importante em minha vida, sempre me acolhendo e me dando dicas, nesta jornada nada fácil de escritora iniciante. Depois de seu primeiro romance, Cinthia decidiu lançar uma série chamada "Segredos", o primeiro livro é "Meu erro", um livro com uma história arrebatadora e logo em seguida ela publicou um livro, que ela chamou de conto, narrando a história dos pais do personagem principal de Meu erro, o Gabriel. Recentemente Cinthia lançou o segundo livro da série Segredos, o Minha rendição. Os livros são histórias de personagens diferentes, então não são uma continuação, mas entende melhor quem ler o primeiro, pois assim entenderá o que aconteceu. Minha rendição conta a história do personagem Vinícius, um médico cardiologista, que apesar de muito jovem, já é renomado e bem sucedido. Vinícius vem de uma família abastada, é dono de uma beleza física estonteante, tem bom coração, é caridoso, mas cometeu um grande erro na sua vida: encomendou um crime! Motivado por vingança ele mandou bater num rapaz até quase levá-lo à morte. O rapaz se recuperou, ele e a família perdoaram Vinícius, mas ele não se perdoa. E então entendemos, como ele mesmo diz, que quando uma pessoa de bem comete algo de tão errado e ruim, não suporta conviver com isso, e a culpa é a pior de todas as prisões. Ele enfia a cara no trabalho e desenvolve um projeto social lindo num bairro carente da cidade até que um belo dia uma ruiva intrigante lhe chama a atenção. Ela é Poliana. Poliana foi criada em um orfanato e quando completou 18 anos decidiu sair de lá para viver sua própria vida, em busca de se encontrar. Mas ela também acaba fazendo escolhas muito erradas e se envolve com um traficante de drogas, com quem vive por quatro terríveis anos, sendo agredida diariamente física, verbal e sexualmente, sem coragem para romper com o ciclo de violência em que vive. Até que um dia ela é presa, acusada de também participar do tráfico, numa armação do próprio companheiro e na cadeia ela conhecerá um mundo de horrores. Seis meses depois de sair da prisão Poliana é uma menina assustada e insegura, decidida a nunca mais entregar seu coração a um homem. Mas seu pensamento muda quando ela conhece Vinícius por quem se encanta à primeira vista. Mesmo com receios, medos e dúvidas ela acaba se apaixonando por ele. O desenrolar do romance é lindo, mas angustiante ao mesmo tempo. A história prende o leitor do início ao fim e somos surpreendidos por reviravoltas inesperadas. Amei cada página, cada capítulo. É uma história linda de busca pelo auto-perdão, pela rendição de erros cometidos no passado, pela cura de corações e almas destruídas, que só um amor verdadeiro é capaz de fazer!
Leiam!

Abaixo deixo o link dele e do primeiro livro da série.

Minha rendição:

Meu erro:


#literatura nacional
#seriesegredos
#minharendicao
#romance
#ebook
#amazonbr
#cinthiafreire

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Grupo de leitores

Oi pessoal! Bem vindos mais uma vez por aqui! Sou a escritora Renata R. Corrêa, autora dos romances "Contra todas as probabilidades", lançado em ebook no Amazon ou livro impresso com compras apenas comigo, podem me mandar um email correiodare@yahoo.com.br ou me chamar pelo messenger do facebook, vou deixar o link dele no Amazon aqui:
https://www.amazon.com.br/Contra-todas-probabilidades-Renata-Corr%C3%AAa-ebook/dp/B01N67646G/ref=sr_1_1?s=books&ie=UTF8&qid=1486230973&sr=1-1&keywords=contra+todas+as+probabilidades e autora do romance "As coisas não são bem assim" que será publicado pela Editora Pandorga ainda neste semestre de 2017.




Hoje gostaria de convidá-los para participarem do meu grupo de leitores no Facebook
https://www.facebook.com/groups/1632831107022211
Entrem lá! Assim poderemos interagir com mais facilidade e vocês ficarão por dentro de todas as novidades da minha carreira de escritora!

Beijos!

Renata

#grupodeleitores #leitores #romances #livros #renatarcorrea #contratodasasprobabilidades #escritora #literaturanacional

domingo, 22 de janeiro de 2017

Resenhando Momento errado da Giulliana Fischer Fatigatti

Olá! Como vão? Bem vindos por aqui! Sou a escritora Renata R. Corrêa, autora do romance "Contra todas as probabilidades", disponível em ebook no Amazon por apenas R$4,82, ou em livro impresso, com compras diretamente comigo pelo email correiodare@yahoo.com.br, por R$30,00 com frete grátis para todo o Brasil! Vou deixar o link do ebook aqui: 
https://www.amazon.com.br/Contra-todas-probabilidades-Renata-Corr%C3%AAa-ebook/dp/B01N67646G/ref=sr_1_1?s=books&ie=UTF8&qid=1485109238&sr=1-1&keywords=contra+todas+as+probabilidades
Estou presenteando os 10 primeiros leitores que avaliarem meu romance "Contra todas as probabilidades" no Amazon do dia 21/01/17 ao dia 31/01/17 com três marcadores de página,  para cada, sendo um autografado, que enviarei pelo correio sem custos, basta ao terminar a avaliação me mandar um print da tela e seu endereço, para meu email, ou por mensagem no Facebook https://www.facebook.com/renatacorreaescritora.blogspot.com.br/! Aproveitem!

Bem, além de escrever, eu amo ler! Ontem concluí a leitura do romance "Momento errado", da autora Giulliana Fischer Fatigatti, disponível em ebook no Amazon. Deixo o link:
 https://www.amazon.com.br/Momento-Errado-Afinal-existe-momento-ebook/dp/B00NDLUJO0/ref=sr_1_1?s=books&ie=UTF8&qid=1485109420&sr=1-1&keywords=momento+errado
E vou compartilhar com vocês minhas impressões do livro! Confiram!



Momento errado tem uma escrita gostosa de ler, fluida. Apesar de o ebook ter 415 páginas, a gente nem vê o tempo passar enquanto está lendo, fica difícil interromper a leitura! Ele conta a história de dois jovens, Manuela e Leonel, que um dia se esbarram nas escadas da faculdade. Ela cursa Propaganda e Publicidade e ele faz pós graduação. Leonel, o Léo, tem fama de galinha e de não se envolver com ninguém, mas algo nele chama a atenção da Manu, que de repente não consegue mais o tirar dos pensamentos. Ela também desperta o interesse dele, que oferece então uma carona para ela depois da aula, para a levar em casa e é aí que tudo começa! Eles têm uma conexão desde o primeiro instante, desde o primeiro olhar e as primeiras palavras trocadas. Manu acaba saindo com ele outras vezes, ele a beija, mas trata logo de dizer que não é de se envolver, que não sabe lidar com sentimentos e relacionamentos e propõe que eles continuem saindo, num tipo de amizade colorida, "amigos com benefícios". Ela aceita, porque por mais que negue para os outros, para ele e até para si mesma, já está apaixonada por esse "homem de gelo". Então eles começam a se falar com frequência no Skipe, praticamente todas as noites. Às vezes ele é mais carinhoso e aberto, outras vezes ele se mostra distante, frio e se afasta a fazendo sofrer. E a coitada sofre! Como sofre! Mas também vive momentos lindos e inesquecíveis ao lado dele, como um passeio de balão! Mesmo depois de eles transarem e sempre se falarem, Leonel continua saindo com outras garotas, e isso mata Manu por dentro. Ela tenta se afastar, tenta colocar um ponto final nesse "não-relacionamento", mas simplesmente não consegue! Ela já ama Leonel e prefere sofrer e tê-lo de vez em quando, do que perdê-lo para sempre. Com ele ela se sente mais viva! Mesmo a fazendo sofrer, ele desperta nela seu melhor, uma Manuela mais decidida e forte. Sei que muitas pessoas julgarão o comportamento dela, dirão que é uma boba, que como pode aceitar tudo que aceitou, mas só quem já passou por algo semelhante irá entender. E infelizmente sou uma dessas e digo que entendo, porque quando se está num "não-relacionamento" como o deles, em que o cara quando está com a garota parece perfeito para ela, e ela se apaixona, mesmo tentando em vão não se envolver, fica difícil colocar um ponto final, porque a relação parece um vício. Mas no caso de "Momento errado", quando vamos chegando ao final da história entendemos os motivos do Léo. É um livro lindo e bom de ler! Vale muito à pena! Super recomendo! Ri, chorei, xinguei, ri e chorei de novo! Amei esta leitura!

Beijos e até a próxima!

Curtam minha fanpage no Facebook para ficarem por dentro das coisas que escrevo! https://www.facebook.com/renatacorreaescritora.blogspot.com.br/


#momentoerrado
#romance
#literaturanacional
#ebook
#amazonbr
#livros
#amoler
#manueleo
#leiamais
#escritorasbrasileiras

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Contra todas as probabilidades - Capítulo bônus

Oi gente! Tudo bem com vocês? Sou a escritora Renata R. Corrêa, autora do romance "Contra todas as probabilidades". Conforme prometido, hoje estou postando um capítulo bônus do meu livro! Quem aí já leu ou tem o meu ebook? Acho que quem já terminou a leitura vai gostar deste capítulo! E para quem ainda não leu, ele é um brinde para conhecer um pouco da minha escrita e aguçar a curiosidade pelo livro! Espero que gostem! Quem já leu se puder avaliá-lo lá no Amazon eu agradeço! Boa leitura! Beijos!

Deixo aqui o link do ebook no Amazon, quem ainda não tem este meu romance, aproveite que ele está com um  precinho super especial, apenas R$4,66! Não percam!

https://www.amazon.com.br/Contra-todas-probabilidades-Renata-Corr%C3%AAa-ebook/dp/B01N67646G/ref=sr_1_1?s=books&ie=UTF8&qid=1484915284&sr=1-1&keywords=contra+todas+as+probabilidades



Seis anos depois

— Minha filha, ande logo, assim vamos nos atrasar! — falo tentando soar séria, mas com uma doçura que escapole de meus lábios ao me virar para Giovana e vê-la se olhando no espelho com um sorrisinho travesso nos lábios, girando fazendo o vestido rodar, feliz e ansiosa.
— Estava só dando mais uma olhadinha, mamãe! — disse e veio correndo em minha direção. — Estou bonita? — perguntou com seu jeitinho doce, rodopiando mais uma vez em minha frente, fazendo-me derreter de amores. Sempre que olho para ela vejo meus olhos e o sorriso do pai. Giovana também tem aquele mesmo nariz perfeito que Marcus ostenta em seu rosto, ela é uma criança alegre e espirituosa, tem a pele clara como as nossas e os cabelos castanhos também como os nossos, longos, lisos com alguns cachinhos nas pontas e uma franja que emoldura seu lindo rosto infantil. Parece uma bonequinha e meu coração transborda de alegria por vê-la assim tão esperta, tão amorosa, crescendo feliz! Uma criança que desejei tanto e que veio como uma surpresa do destino, um presente de Deus depois de tudo que passei, depois de uma vida solitária. Minha pequena é uma guerreira por ter sobrevivido em meu ventre na época do acidente! Meu milagre, minha benção! Emociono-me ao reviver tantos momentos e tenho de enxugar uma lágrima que cai discretamente de meus olhos.
— Está linda, meu bem! — digo, abaixando-me para beijar sua face, quando ouço o alerta de mensagens do celular, então me viro para direita e caminho até uma mesa de canto e o procuro dentro de minha bolsa. Sorrio ao ler as mensagens de Amanda e Carol nos desejando uma noite espetacular. Mesmo morando agora em cidades diferentes, nunca perdemos contato. Fiquei muito feliz quando soube, pouco antes de Giovana nascer, que enfim Carol estava grávida! Minha amiga nasceu para ser mãe e já estava tentando engravidar há um tempo, foi uma alegria enorme vê-la comemorar a maternidade. Nossas filhas são muito amigas, ela também teve uma menininha, a Laura, e em férias escolares sempre damos um jeitinho de reunir nossas famílias por alguns dias. Amanda se casou com Ricardo há três anos e estão grávidos do primeiro filho, um menininho que se chamará Davi. Estão transbordando felicidade e amor e fico feliz demais por ver minhas amigas realizadas como mulheres, profissionais e mães. Devolvo o celular à minha bolsa, interrompendo meu devaneio saudosista e volto minha atenção para a menininha saltitante à minha frente.
— Agora vamos, filhota! Venha! — falei estendendo minha mão para ela que a segurou com seus dedinhos minúsculos.
— Já estão prontas? — pergunta Marcus saindo do banheiro, ajeitando o nó da gravata. Os anos se passaram e alguns fios grisalhos apareceram em seu cabelo, mas ele continua sendo o mesmo homem lindo por quem me apaixonei. Percebo que ele está tentando disfarçar, pois já o conheço muito bem, mas também está muito ansioso. Não consigo desviar meus olhos dos seus enquanto caminha em nossa direção e suas emoções tão visíveis para mim me contagiam fazendo um sorriso iluminar meu rosto e meu coração bater mais forte. Estou emocionada e orgulhosa! Olho para ele com doçura e amor, amor pleno e verdadeiro, e quando estamos a poucos centímetros de distância, seu perfume me embriaga. 
— Estamos prontas! — respondo animada. Então ele se inclina para baixo para alcançar meus lábios enquanto sua mão grande, forte e suave segura minha cintura, fazendo aquele velho conhecido arrepio percorrer minha pele. Deus, como mesmo depois de tantos anos ele nunca deixou de provocar esse efeito em mim? — distraio-me por um segundo com meus pensamentos, enquanto ele se abaixa e beija nossa filha no rosto.
— Estão lindas! As mulheres mais lindas do mundo! Sou um homem de sorte! — fala pegando Giovana nos braços e me aproximo colando nossos corpos e pousando minha cabeça em seu ombro. Então delicadamente afaga meu cabelo com a mão livre e me beija a testa.
— Ansioso? — pergunto quase num sussurro ao seu ouvido.
— Tenho que confessar que estou um pouquinho — responde num tom abaixo do que o habitual e percebo que está ainda mais nervoso do que me aparenta.
— Estou muito feliz e orgulhosa de você, meu amor! Vocês mereceram! Depois de tantos anos, ser indicado para um Grammy latino é apenas o reconhecimento pela carreira sólida que tem construído — falo ficando na ponta dos pés para alcançar seus lábios e beijá-los suavemente, o que faz Giovana soltar um gritinho de entusiasmo e eu e Marcus sorrirmos! — Suas letras e músicas são lindas, meu amor, você sabe disso!
— Você acha que eu tenho chances de levar o troféu? — pergunta receoso, enquanto nos encaminhamos para a porta.
— Tenho certeza que sim! — digo sem hesitar, e viro-me para dar uma última olhada no quarto, antes de fechar a porta do quarto do hotel, e fico me perguntando quando foi que me tornei tão bagunceira, ao ver nossas coisas espalhadas por todo canto.
— Papai, também tenho certeza que sim! — fala nossa filha, copiando minha resposta.  — O senhor é o melhor cantor de todos! E o mais bonito também! É claro que vai ganhar! — completa Giovana de forma inocente e entusiasmada, com sua vozinha rouca, grave demais para sua idade, e se agarra ao pescoço do pai para beijá-lo o que provoca uma gargalhada gostosa em nós dois e ela também acaba rindo! E em momentos simples assim, em que compartilhamos felicidade genuína tenho certeza de que tomei as decisões certas em minha vida, que mesmo as erradas foram necessárias, pois elas também contribuíram para que eu e Marcus nos conhecêssemos melhor e nos apaixonássemos, e nosso amor é maior que tudo que já conheci, nosso amor como homem e mulher e nosso amor como família, eu ele e a Gigi — não resisto a tanta fofura e aperto as bochechas dela!
— Ai mamãe! Isso dói, já te disse! Mas te amo mesmo assim! — resmunga sorrindo e piscando os olhinhos para mim, ainda agarrada ao pai.
Pedimos um táxi e quando chegamos à recepção somos avisados de que o motorista já está nos aguardando. Ansiosa mais que tudo, Giovana pede para descer do colo do pai e puxa Marcus e eu pelas mãos.
— Vamos mamãe! Vamos papai! — chama eufórica, nos puxando para que caminhemos mais rápido.
Quando entramos no carro e colocamos o cinto de segurança, ela diz:
— Papai! Fique calmo! Tenho certeza que será o vencedor e levantará o troféu assim! — fala gesticulando os braços para cima de forma exagerada, fingindo estar levantando um troféu imaginário e não conseguimos conter o riso novamente.
Durante o percurso do hotel até o local da premiação fomos os três admirando Los Angeles pela janela, suas luzes e o colorido, era novembro e a cidade estava enfeitada para o Natal, linda! Gigi insistiu para ir na janela e empolgada em treinar o inglês recém descoberto falava a todo momento “look mommy! Look daddy”, o que apesar de cansativo, de tantas repetições, eu achava uma gracinha. Como Marcus é grande demais para andar no assento do meio com conforto, ele ocupou o outro assento ao lado da janela e eu fui no meio dos dois, e mesmo dali dava para observar bem a cidade. Quando descemos a temperatura estava amena, devia estar fazendo por volta de uns dez graus Celsius e como sou friorenta agradeci por ter trazido comigo uma echarpe quentinha.  Giovana estava devidamente agasalhada em seu vestido de mangas compridas e usando meias calças térmicas. Marcus como estava de terno, lindo e sensual, nem sentiu que o tempo estivesse friozinho.
Descemos no tapete vermelho e aquilo parecia surreal. Eu já estivera em outras premiações e eventos importantes da música acompanhando Marcus, mas nada se comparava àquilo que estávamos vivendo. Flashes eram disparados a todo momento. Mesmo incomodada e nervosa pude sentir o apertar dos dedos do meu amor nos meus, denunciando seu nervosismo também.
— Vai dar tudo certo, amor! Esta noite será maravilhosa e inesquecível! — falei “entre dentes”, tentando manter o sorriso estampado no rosto, mesmo que forçado, àquela altura.
Marcus apenas assentiu com a cabeça e tive que segurar Giovana com mais força porque ela estava praticamente saltitando caminho a fora.
Ao entrarmos fomos conduzidos aos nossos assentos.  Meu coração estava acelerado pelas tantas emoções do dia e por saber que a música do Marcus indicada ao prêmio foi composta para mim, há alguns anos antes, mas só recentemente eles da 330 Hertz haviam decidido gravá-la, e rapidamente ela se tornou um sucesso.
Pouco tempo depois que nos sentamos, os demais integrantes da banda e suas famílias também chegaram. Agora éramos muitos!  Caio e Camila engravidaram assim que Giovana nasceu e um ano e meio depois Camila estava grávida novamente. Eles têm duas meninas, que são muito amigas da Gigi. Bárbara e Lucas se casaram há quatro anos e têm um filhinho de dois aninhos.  Leandra e Gustavo tiveram gêmeos há três anos, um casalzinho lindo, mas bastante agitado. Todas essas crianças reunidas eram quase que uma catástrofe anunciada! Eu, Bárbara, Leandra e Camila ficamos o tempo todo tentando controlá-los em seus lugares.
— Vida de mãe não é fácil! — falei mais para mim do que para elas, mas todas rimos juntas concordando.
E então a premiação iniciou. Mal o apresentador começou a falar eu sentia meu peito abafado e um certo desconforto para respirar. As premiações foram acontecendo e quando chegou a vez da melhor canção em língua portuguesa, categoria a que a 330 Hertz estava concorrendo, achei que iria desmaiar. Tive de me controlar para me manter respirando e não apagar de uma vez, tamanha ansiedade, porque eu sabia como esse prêmio era importante para Marcus e o que ela significava em sua carreira e em nossas vidas. E foi assim, entre o barulho das batidas de meu coração, audível até para quem estava ao meu lado, e um turbilhão de emoções, que ouvi o nome da minha música e do meu amor serem anunciados num sotaque americano: “Tudo para mim, the song of the singer Marcus of the band 330 Hertz”, anunciou o apresentador. Logo em seguida ouvimos muitos aplausos e nos levantamos, enquanto uma câmera nos focalizava, o que tentei ignorar, e quando me virei para olhá-lo ele não conseguia mais conter suas emoções e deixava lágrimas percorrerem seu rosto.
— Parabéns, meu amor! Você merece isso e muito mais! Te amo! — falei envolvendo meus braços em seus pescoço e só não o enchi de beijos para não deixá-lo todo borrado de batom.
— Papai, papai, o senhor ganhou, ganhou, eu disse que ganharia! — gritava Gigi, eufórica demais! Então Marcus se abaixou para receber os beijos de nossa filhota superanimada.
— Agora vá lá meu bem! Estão te esperando!
Depois da premiação fomos todos para a festa de comemoração, inclusive as crianças, já que não tínhamos com quem deixá-las. Não é fácil sair com crianças a noite, pois logo elas se cansam e querendo dormir ficam enjoadinhas, mas Gigi parecia ter se esquecido completamente do sono, tamanha empolgação e alegria em que se encontrava. Eu, Bárbara, Leandra e Camila nos alternamos para olhar a turminha para que pudéssemos nos revesar e curtir um pouquinho  a noite ao lado de nossos homens. Quando chegou minha vez de aproveitar, Marcus, visivelmente tranquilo e descontraído me chamou para a pista de dança, servindo-me antes uma taça de champanhe.
— A nós dois, meu bem! E ao amor e à nossa família! — Levantou sua própria taça em minha direção em um brinde, estampando no rosto um sorriso de orelha a orelha!
— A nós! — Brindei minha taça na dele e após beber um gole, aproximei mais meu corpo do seu. — Eu amo você! Parabéns pela conquista! Estou tão orgulhosa e feliz, meu amor! — terminei a frase e lhe dei um beijo caloroso à boca.
— Ana, você é tudo para mim! — falou ainda em minha boca, com os lábios encostados aos meus. — Você e Gigi são meu mundo, meu motivo para querer ser melhor. Eu estava ansioso demais mesmo, porque essa música indicada fiz para você e como ela tem um valor sentimental enorme, queria muito que fosse a vencedora, em sua homenagem, para o mundo inteiro saber como é grande meu amor por você.
— Copiando o rei, meu amor? — falei sorrindo, enquanto me apertava mais ainda a ele, repousando minha cabeça em seu ombro, aproveitei a proximidade e mordisquei sua orelha sentindo sua pele arrepiar.
— Não me provoque assim! — falou quase num gemido, deixando-me satisfeita com o que acabara de provocar nele. — Você sabe muito bem que a Gigi está no mesmo quarto que a gente e não poderemos resolver isso mais tarde, infelizmente — concluiu de forma terrivelmente sedutora.
— Eu estava justamente pensando em como resolver esta questão — falei passeando meu indicador por seus lábios e senti seu rosto se aquecer ainda mais, quando o percebi me olhar curioso.
— E qual seria a solução? — perguntou apertando seus dedos em minha cintura, fazendo minhas pernas estremecerem.
— Camila me disse que acabaram reservando dois quartos conjugados aqui no hotel, para que as meninas pudessem ficar mais à vontade e que tem uma cama auxiliar extra lá. — vi seus olhos brilharem ao me ouvir. — Acho que percebendo que provavelmente quiséssemos ficar a sós e nos curtir um pouco para comemorar sua vitória, ela ofereceu para a Gigi dormir lá esta noite! — terminei de falar distribuindo beijinhos pelo pescoço dele, finalizando com uma mordidinha sedutora em seu lóbulo da orelha, numa promessa antecipada do que eu desejava para mais tarde.
— Ana, Ana... — ele sussurrou deslizando suas mãos por minhas costas. — Você é a mulher mais incrível do mundo, a mais linda e companheira, e eu não poderia deixar de falar, a mais gostosa também! — disse, fazendo-me gargalhar.
— Você esqueceu do mais importante! — exclamei com uma carinha travessa.
— Ah, é? E o que foi que esqueci? — perguntou segurando meu rosto entre suas mãos, mordendo meu queixo suave e provocantemente.
— A mais sortuda! — exclamei convicta. — Acho que nossa história daria um filme! Será que contando para quem não nos conhece seria possível acreditar? — perguntei, fazendo-o sorrir contente e me abraçar forte!
E então ficamos em silêncio por um tempo, apenas sentindo o cheiro um do outro, o movimentar de nossos corpos ao ritmo da música lenta e suave que tocava e eu olhava para aquele lugar decorado de forma tão elegante em tons de vermelho e branco, com enfeites de flores naturais lindíssimos sobre as mesas, e encantada pelos lustres gigantescos de cristal que pendiam do teto. De repente parecia que havíamos sido transportados para um mundo mágico, só nosso e nada nem ninguém importava mais do que aquilo que sentíamos um pelo outro.

A noite foi longa e festiva. Quando chegamos ao hotel, ainda no elevador Marcus me beijou de forma ardente, fazendo-me perder totalmente o fôlego. Entramos no quarto nos agarrando e cumprimos nossa promessa de nos amarmos. Foi quente e delicioso. Exaustos, e ainda empolgados e agitados pelo dia que passamos e pela premiação, demoramos para dormir naquela noite que jamais apagaremos de nossas memórias.

Deixe seu comentário usando o facebook!